Plantas nativas comestíveis

Abril 20, 2010 at 6:18 pm 3 comentários

O termo Permacultura foi criado por Bill Mollinson e David Holgren para definir uma forma de Agricultura Permanente. Assim, sua origem tem relação direta com a produção de alimentos, segundo uma perspectiva de sustentabilidade. Ou seja, planejar e desenvolver ecossistemas produtivos que tenham a diversidade, a estabilidade e a resistência dos ecossistemas naturais.

Fruto do Cactus

Frutos de Cactus

As plantas mais estáveis e resistentes certamente são as plantas nativas de determinado local. Elas crescem espontaneamente e normalmente de forma tão abundante que costumamos considerá-las “pragas”. Portanto, costumamos “limpar” determinados locais com a retirada dessas plantas para poder cultivar outras que iremos usar para alimentação.
A maior parte dos alimentos que consumimos são exóticos, ou seja, não são nativos dos nossos ambientes naturais. Por exemplo, andando pelo meio rural você já observou alfaces, brócolis, couves-flores crescendo espontaneamente?

Mas será que realmente precisa ser dessa forma? Afinal, acredito que a natureza é sábia e que em cada região e época do ano crescem as plantas mais adequadas para as necessidades alimentares locais.

Assim, a base da sustentabilidade alimentar deveria incluir conhecer a biodiversidade local e especialmente o potencial alimentício destas espécies. Fato que não impede também o investimento em outros cultivos que agradem nossos costumes exóticos…

Com essa motivação, de fortalecer minhas ações de produção de alimentos estou estudando o trabalho do botânico Valdely Kynupp trabalha. Ele pesquisa Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCS).  Em sua tese de doutorado ele estudou 1.500 espécies de plantas que crescem espontaneamente na Região Metropolitana de Porto Alegre e apontou cerca de 311 com potencial alimentício.

Para conhecer um pouco desse trabalho o Coletivo Catarse, imprensa alternativa de Porto Alegre, produziu em vídeo um curso que o Professor Doutor Valdely Kinupp ministrou para assentados do MST, com apoio da CONAB, sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC’s).

Entry filed under: Agricultura orgânica, Consumo consciente, Permacultura. Tags: .

Plantando e esperando… Abelhas nativas (sem ferrão)

3 comentários Add your own

  • 1. Ricardo C. da Fontoura  |  Abril 27, 2010 às 4:52 pm

    Olá Mônica aqui na Zona Rural de Porto Alegre estamos desenvolvendo o turismo rural com base comunitária e um dos princípios de nosso trabalho é a sustentabilidade.
    Inclusive o botânico Valdely Kynupp desenvolveu parte da pesquisa no Sítio Capororoca, da Silvana Bohrer, que faz parte da Associação Porto Alegre Rural.
    Agora nos dias 14, 15 e 16 e maio, inclusive, estará ocorrendo um curso prático sobre Telhado Vivo, onde os participantes terão a oportunidade de vivenciar todas as etapas da construção de um telhado vivo.
    Para mais informações dá uma olhada no blog: http://www.cambaratur.blogspot.com/

    Um abraço e parabéns pelo site.

    Ricardo

    Responder
  • 2. Gilberto Da Rosa Barbosa  |  Julho 5, 2013 às 7:40 pm

    É impossivel acreditar que tal informação não chegue até a população carente que morre de fome talvez ao lado do alimento usem as redes sociais para divulgação destas informações tão pertinentes na situação que grande numero da população vive quero parabenizar o biólogo que fez a pesquisa, e me colocar a disposição de divulgar esta riqueza de conhecimeto

    Responder
    • 3. Carapeços Arriada Mônica  |  Julho 8, 2013 às 11:13 am

      Olá Gilberto,
      São tantas as informações essenciais para sobrevivência e qualidade de vida que não chegam à população. E em contraste o que mais aparece na mídia são informações inúteis ou pior, contrárias à saúde e à vida.

      Permacultura trata essencialmente do que é básico para a sustentabilidade. É um resgate de saberes tradicionais e integra à ciência moderna.

      Gratidão a todos que divulgam e partilham essas informações.

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Tópicos recentes

Arquivos


%d bloggers like this: